quinta-feira, 28 de abril de 2011

AFIRMAÇÃO




Alguém me perguntou

Quem és? Que fazes aqui?

E titubeante eu procurei,
alargando as asas da conversação,
retratar-me nas palavras que ninguém inventou...
e mostrar que, se estou aqui,
é somente porque ainda me não cansei.

É que eu ainda sou o Eu,
o Eu que quer a vida que é minha!  





Imagem Google

8 comentários:

Kimbanda disse...

Laura,

Ao estimares o teu Eu, estás na posse da "vida que é tua".

kandandos

Fê-blue bird disse...

Nunca deixes que te subestimem.
Continua assim!
Beijinhos

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

quem ainda não é tem toda chancer para ser tudo o desejado

Laura disse...

Kimbanda

Cheguei tarde a esse concretizar. Mas cheguei e hoje consigo caminhar pela vida que é minha.

Beijinho

Laura disse...



Pelos caminhos da vida, atalhos ou avenidas o importante é conseguirmos ter a força e até coragem para mudarmos o que nos desgosta.

Já mudei e para isso houve que enfrentar muros erguidos...

Beijinho

Laura disse...

Non je ne regrette rien: Ediney Santana

Já fui. Precisei de inflectir rotas, de me afirmar e agora vou caminhando à procura da auto-confiança que deixei no tempo.

Beijinho

Evanir disse...

Hoje Foi dia das mães em Portugal ainda esta no blog a postagem que ficara até as 10 da manhã e vai dar tempo de chegar até meu blog.
Hoje vim estender minha mão e trazer você numa linda viagem até o Brasil.
Estou seguindo você .
beijos e beijos com infinita ternura,,Evanir..


www.aviagem1.blogspot.com

Laura disse...

Evanir

Obrigada por me dar a possibilidade de chegar até aí.

Beijinho